26.2 C
Tocantins
sexta-feira, abril 19, 2024
- Publicidade -

Governo do Tocantins e Basa firmam parceria que irá ofertar mais de R$ 2,4 bilhões em créditos para fomentar atividade econômica

- Publicidade -spot_img

Governador Wanderlei Barbosa destacou importância de alinhar desenvolvimento econômico às necessidades de preservação ambiental

O Governo do Tocantins e o Banco da Amazônia (Basa) firmaram nesta quarta-feira, 15, um protocolo de intenções para promover o desenvolvimento econômico sustentável do Estado com recursos financeiros de até R$ 2.483,19 bilhões. Em evento para firmar esse acordo, no Palácio Araguaia, o governador Wanderlei Barbosa destacou que os recursos serão utilizados para fomentar atividades comerciais dos diversos setores produtivos do Tocantins.

O protocolo de intenções foi assinado pelo Governador e o presidente do Basa, Valdecir Tose. O chefe do Executivo destacou a importância da parceria para incentivar o desenvolvimento econômico alinhado à preservação do patrimônio ambiental do Tocantins. “Estamos cientes das exigências do Basa para a liberação das linhas de crédito, como a proteção às matas ciliares e reservas ambientais e nos comprometemos em manter o desenvolvimento sustentável do Estado. Nosso agronegócio vai continuar crescendo e sendo fomentado sem desmatamento ilegal. Hoje nós temos todos os mecanismos e ferramentas necessárias para acabar com essa prática”, enfatizou o governador.

Dos mais de R$ 2,4 bilhões disponíveis pelo Basa aos empreendedores tocantinenses, R$ 2.141,69 bilhões serão provenientes do Fundo de Financiamento do Norte (FNO) para crédito de fomento e mais R$ 341,5 milhões na carteira comercial do banco para oferecer crédito a empresas e negócios regionais. “O Banco da Amazônia tem sido um parceiro muito importante para o Tocantins, tem investido muito, financiado muito e incentivado a nossa economia. A assinatura desse protocolo de intenções significa a ampliação desses investimentos e, consequentemente, mais desenvolvimento para o nosso Estado”, ressaltou o vice-governador Laurez Moreira.

Já o presidente da instituição, Valdecir Tose, declarou que o Basa é um banco público focado no desenvolvimento regional. “Queremos fazer parcerias para ajudar os empreendedores do Estado porque são eles que são nossos clientes”, disse e acrescentou que o Banco da Amazônia atende a todos os 139 municípios do Tocantins. “Estamos expandindo. Em 2023 vamos abrir mais uma agência em Lagoa da Confusão, totalizando 17”, completou.

O Basa tem participação em 65,97% no crédito de fomento do Estado e 52,62% nos créditos totais, explicou o superintendente do Basa no Tocantins, Marivaldo Gonçalves de Melo. “Nós somos o Estado que mais aplicou recursos proporcionalmente, em relação a todos os estados da Região Norte e o Tocantins está parabéns pelo dinamismo forte e crescente a cada demanda”, disse.

Incentivo aos pequenos

Durante o evento de assinatura do protocolo de intenções, o governador Wanderlei Barbosa fez questão de destacar que o Governo do Tocantins pretende priorizar os pequenos e médios empreendimentos – principais responsáveis pela movimentação econômica nos municípios. “Vamos fazer um investimento cada vez maior no pequeno e médio empreendedor, a exemplo do ano passado quando fomentamos a atividade de produtores de proteína animal através da doação de material genético para melhoria dos rebanhos e de kits com sementes e adubos. Na Agrotins vamos repetir esse projeto com a doação de kits para mais de 11 mil pequenos produtores”, finalizou o Governador.

- Publicidade -spot_img

Mais lidas
MAIS LIDAS