26.2 C
Tocantins
sexta-feira, abril 19, 2024
- Publicidade -

Polícia Civil prende quadrilha suspeita de roubar defensivos agrícolas em fazendas do Tocantins

- Publicidade -spot_img

Nesta quinta-feira (4), a Polícia Civil prendeu cinco pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha especializada em furtos e roubos de defensivos agrícolas em pelo menos sete cidades do Tocantins. A operação, chamada Agro Defender, foi realizada pela Delegacia Especializada de Combate aos Crimes Rurais (Deleagro) e cumpriu quatro mandados de prisão temporária e seis ordens de busca e apreensão em Lagoa da Confusão e Palmas. Durante as buscas, foram encontradas porções de drogas, balanças de precisão, armas, munições, dinheiro em espécie e uma moto. Outro suspeito acabou sendo preso em flagrante.

As investigações começaram em julho de 2022, após criminosos roubarem defensivos agrícolas em uma propriedade de Lagoa da Confusão. De acordo com a polícia, a quadrilha agia durante o período de plantio da soja para saquear as propriedades, quando estas possuem grande quantidade de defensivos agrícolas. A polícia suspeita que o grupo tenha cometido os crimes também em outras cidades do Tocantins, como Silvanópolis, Santa Rita, Santa Rosa, Peixe, Talismã e Novo Acordo.

O grupo teria pessoas responsáveis por escolher os locais que seriam alvos dos roubos e outros que faziam o transporte dos produtos para outros estados. A cada crime, os suspeitos geravam um prejuízo de cerca de R$ 1,5 milhão. Segundo o delegado Thyago Bustorff, o produto é comercializado entre 40% e 60% abaixo do seu valor original de mercado e os receptadores são fazendeiros de locais de fora do Estado.

Os presos estão sendo ouvidos e depois serão mandados para a Unidade Prisional de Palmas. A Operação Agro Defender contou com o suporte da Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), das Divisões Especializadas de Repressão ao Crime Organizado (1ª DEIC-Palmas, 6ª DEIC Paraíso e 8ª DEIC-Gurupi), da 1ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (1ª DENARC – Palmas), do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE) e do Núcleo de Operação com Cães da Polícia Penal (NOC).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Mais lidas
MAIS LIDAS