26.2 C
Tocantins
sexta-feira, abril 19, 2024
- Publicidade -

Polícia Civil recebe treinamento de combate à corrupção e lavagem de dinheiro da Secretaria Nacional de Justiça

- Publicidade -spot_img

O curso é ministrado pela Secretaria Nacional de Justiça em parceria com a Escola Superior de Polícia

Teve início na manhã desta terça-feira, 28, o Curso de Capacitação e Treinamento para o Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro com cerca de 60 policiais civis do Estado do Tocantins. O curso acontece no auditório da Defensoria Pública do Tocantins (DPE-TO) e vai até a próxima sexta-feira, 31.

O curso é ministrado pela Secretaria Nacional de Justiça, por meio do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI), em parceria com a Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) por intermédio da Escola Superior de Polícia (Espol).

O coordenador-geral de Cooperação Jurídica Internacional em Matéria Penal do DRCI, André Zaca Furquim, que abriu o evento com a palestra “Cooperação Jurídica Internacional e Recuperação de Ativos como Instrumento de Combate ao Crime”, falou também sobre a relevância do tema para a atividade investigativa. “Iniciamos mais uma semana de capacitação nessa temática que pra nós é tão cara, que é o combate à corrupção e lavagem de dinheiro. Esse momento é muito importante, especialmente para os profissionais que estão na ponta, que são as pessoas que executam e estão diante das situações desafiadoras do dia a dia.”, frisou.

Presente no evento, o secretário da Segurança Pública, Wlademir Costa, destacou que a capacitação deve ampliar o potencial dos policiais do Tocantins. “Temos aqui excelentes profissionais. Tenho certeza que o conhecimento adquirido irá melhorar o desempenho do trabalho dos nossos policiais e assim poderemos dar uma resposta mais rápida à nossa sociedade.”, completou.

A diretora da Espol, Heloísa Godinho, também ressaltou que o curso visa não somente aumentar o conhecimento, mas promover a troca de experiências entre os profissionais na área. “O treinamento promovido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública só tem a contribuir para que a Polícia Civil do Tocantins desempenhe suas funções com mais qualidade e eficiência.”, disse.

- Publicidade -spot_img

Mais lidas
MAIS LIDAS